244 – Radiação Cósmica

Anúncios

154 – Reator de Fusão Nuclear

É ainda um experimento científico e não uma forma efetiva de produção de energia, uma vez que para funcionar demanda mais energia do que é capaz de produzir. Mas, se funcionar será uma boa alternativa, pois, não é necessária muita matéria prima para produzir considerável quantidade de energia.

O físico Ian Chapman explica a reação de fusão nuclear desejada na produção de energia e o funcionamento do reator. Ele enfatiza os grandes desafios para tornar o processo eficaz além de dar um panorama geral da colaboração entre os países envolvidos no desenvolvimento dessas pesquisas. É interessante perceber a forma como a ciência atual trabalha. Ela é impulsionada pela contribuição de cada país, portanto, enquanto experimento, há uma força coletiva de vencer os desafios, porém, é de interesse de cada nação obter o próprio reator em seu território.

140 – Usando o magnetismo para inferir a temperatura dos oceanos

oceano-campo-magnetico

O campo magnético terrestre permeia todo o oceano, desde a região mais profunda até a superfície em contato com a atmosfera. Deste modo, o oceano é capaz de desviar o campo magnético terrestre, pois, é um condutor elétrico e suas águas estão em movimento. O aumento de temperatura da água do mar faz aumentar sua condutividade elétrica e, consequentemente, aumenta também o desvio sobre o campo magnético terrestre.

Os satélites, adequadamente equipados, são capazes de mapear o campo magnético terrestre desviado pela dinâmica dos oceanos, portanto, indiretamente coletam dados para analisar a temperatura da água do mar.

O trabalho é ainda uma proposta, e muitas dificuldades técnicas deverão ser superadas, porém, se o projeto for um sucesso, obter-se-á informações da quantidade de calor absorvida pelos oceanos, assim como o quanto se espera que é possível absorver.

Matéria publicada na “The Economist” – Dec 17th 2016 | SAN FRANCISCO