412 – O que é o PISA?

PISA é uma avaliação sobre a qualidade de ensino de um país. A avaliação é organizada pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), mas cada país possui um órgão interno para organização da prova. No caso do Brasil, a responsabilidade fica na conta do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). A avaliação do PISA verifica as habilidades em leitura, matemática e ciências. Cada avaliação, aplicada a cada três anos, possui aprofundamento em um dos temas de forma intercalada.

Não apenas o desempenho dos estudantes são considerados na pontuação final, mas outros fatores como a comparação entre as notas entre jovens de diferentes perfis culturais e econômicos são levados em conta. É considerado um bom fator caso não exista diferenças no desempenho de jovens de perfis diversos.

A partir de tais resultados, a OCDE é capaz de correlacionar os desempenhos com os sistemas educacionais, estabelecendo quais as características possíveis para melhor ensino. Compara-se a remuneração dos professores, o tamanho das classes e a forma como é determinado o currículo do ensino. O currículo pode ser flexível, sendo determinado por cada escola ou é impelido por um órgão central do governo.  É possível, também, entrelaçar dados do desempenho educacional do país com seu nível econômico, aparecendo alguns casos interessantes como Shangai (região sobre administração da República Popular da China), que está no topo do ranking educacional, mas não está entre os melhores perfis econômicos.

Cada país, portanto, com todos esses dados em mãos pode elaborar melhores estratégias políticas para a melhoria de ensino de seus jovens.

411 – Um dia para a Astronomia: 10/04/19

Olá, viajantes da internet!

Vejam este vídeo do canal Veritassium sobre a primeira imagem capturada do buraco negro!

A empolgação é alta, pois, este corpo é previsto teoricamente nos estudos científicos, além da comunidade científica ter realizado algumas simulações de como seria a imagem de um buraco negro. A comparação entre as imagens reais e a simulada é muito semelhante. Vale lembrar que a radiação capturada nos telescópios são oriundos dos gases que giram em torno do buraco negro.

410 – O gato e o momento angular!

Olá, leitores da internet!

Já ouviram algum(a) colega lhe questionar por que o pão sempre cai com a face da manteiga para baixo? Ou como os gatos sempre caem “em pé”, no caso, sobre as quatro patas? Pois é, esta última pergunta já havia sido respondida em 1894, quando o inventor e cientista francês Étienne-Jules Marey estudava o movimento de pessoas e animais utilizando uma técnica chamada cronofotografia. Basicamente, a técnica consistia em tirar fotos sequenciais sobre uma mesma projeção de imagem.

Acompanhe bem o vídeo para entender este fenômeno felino! Sabemos que quando encolhemos o braço, estamos mais propícios a girar, enquanto que quando esticamos os braços para o lado, dificultamos o movimento de rotação! E aí, conseguem explicar o pulo do gato…quer dizer, o giro do gato?